Cuidados de Joalharia

São vários os fatores que podem influenciar o desgaste de uma peça de joalharia. O nosso conselho? Tenha o mesmo cuidado com as suas joias que teria com a sua peça de roupa favorita! Aqui vai encontrar algumas dicas importantes para o ajudar a manter as suas joias no seu melhor estado, e para que possa desfrutar de usá-las durante muito tempo.

VER MAIS

Slide PRATA DE LEI 925 Conhecer os materiais. As jóias de prata podem escurecer com o tempo,
a partir do simples contacto com o ar ou de uma
forma induzida pelos produtos químicos (Perfumes,
cosméticos, produtos de limpeza à base de cloro e
outros ácidos). Este processo chama-se oxidação,
não afectando a sua qualidade, mesmo com peças
que nunca tenham sido utilizadas.

DICA Nº 1

Tirar tudo!

Retire sempre as suas jóias ao aplicar perfume, loções e cremes, ou ainda melhor, vista sempre as suas jóias em último lugar! Tenha em atenção que o cloro é especialmente prejudicial para as suas peças.

DICA Nº 2

Limpeza...

Se necessário, assegure-se de que limpa imediatamente quaisquer químicos que entrem em contacto com as suas jóias para evitar acumulações que possam tornar a limpeza difícil.

DICA Nº 3

Armazenar.

Evite guardar as suas peças ao lado de bijutaria ou relógios com partes de couro, e guarde-as separadamente para que as peças não se emaranhem, esfreguem ou risquem umas contra as outras.

PARA LER COM ATENÇÃO

A prata em contacto com o ar causa um fenómeno químico chamado oxidação, que pode causar uma mudança na cor original da jóia. Isto não representa uma mudança na qualidade ou no conteúdo das ligas. É um processo natural e superficial, que ocorre em maior ou menor grau devido a fatores como, por exemplo, a proximidade do mar ou o PH da pele.

• Antes de efectuar qualquer tipo de limpeza, analise minuciosamente a peça em questão, para garantir que não está danificada, e que não tem pedras ou outros elementos em falta.

• A limpeza das suas jóias deve ser feita com uma escova de cerdas macias, água corrente e sabão. Pode utilizar detergente líquido da loiça, pois remove a sujidade e não danifica as pedras.

• Tome especial cuidado ao mergulhar as jóias. Nunca utilize água quente, mas sim água morna - as temperaturas na água podem interagir com o agente de limpeza utilizado, provocando uma rápida descoloração. Por outro lado, o contacto com a água pode retirar elementos mais delicados ou danificar pedras preciosas e semipreciosas. De 30 segundos a 1 minuto é o tempo suficiente para deixar uma jóia em água e lavá-la com o auxílio de, por exemplo, uma escova de dentes. Depois de retirar a jóia da água, deve deixá-la secar ao ar livre e terminar o processo com um pano macio.

• Um pano macio, 100% algodão reservado exclusivamente à limpeza, é facilmente encontrado numa ourivesaria ou onde se vendem panos diversificados. Certifique-se de lavar o pano após cada utilização, uma vez que a sujidade acumulada pode danificar as jóias seguintes a serem limpas. Nunca utilizar toalhas de papel, papel higiénico ou rolos de cozinha para polir as mesmas, pois as fibras presentes nestes podem riscar. Para jóias com muitos detalhes ou difíceis de limpar, utilizar uma escova de dentes velha mas macia.

• Evite tomar banho com jóias, uma vez que sabão, cremes, a gordura da pele e óleos de banho criam uma película fina na superfície das peças, o que as torna as opacas: pulseiras e colares compostos de fio, ao longo do tempo acumulam resíduos de sabão, que podem enfraquecer e partir-se.

• Ao utilizar um agente de limpeza para jóias, leia sempre o rótulo, verificando se é apropriado para certas pedras preciosas, especialmente pérolas ou corais. Estas duas são propensas a danos causados por produtos químicos que causam a perda da sua luminosidade natural.

• Sempre que usar jóias, se possível, limpe-as com um pano macio, retirando o suor adquirido das mãos e guarde-as em locais adequados, devidamente acondicionadas, separadas umas das outras, evitando que estas colidam com outras coisas duras e risquem. Se possível, tentar envolver em tecidos macios, em embalagens, em caixas de jóias ou saquinhos bem fechadas, evitando a entrada de ar, luminosidade, conservando assim o seu brilho.

• Pérolas, esmeraldas e gemas orgânicas precisam de "respirar" e ressentir-se da humidade excessiva ou da secura. Guarde as suas jóias ao ar livre e não as embrulhe em sacos de plástico.

• Não é aconselhável usar jóias em praias e piscinas, pois podem danificar a sua superfície, e comprometer a sua luminosidade.

• Poupe a exposição solar, e o calor excessivo sobre elas. O aquecimento pode acelerar o processo de oxidação, pelo que é importante evitar o uso de jóias em actividades físicas.

• Não utilizar jóias quando estas estiverem expostas ao contacto com: produtos para limpeza doméstica, tintas de cabelo, e produtos químicos no geral.

• Creme de mãos, desodorizante, e perfume devem ser aplicados no corpo minutos antes do uso das jóias, evitando assim reacções químicas.

• As pessoas que têm ácido úrico elevado, que estão nervosas ou que tomam medicamentos podem escurecer a prata e os folheados.

• Proteger sempre as jóias de impactos, contra superfícies duras e abrasivas.

A autora Andrêa Martins, trabalha as suas jóias de Prata 925 com Ródio, de forma a prevenir da oxidação, não sofrendo, desta forma, quando em contacto com ácidos produzidos pela pele, outros químico e humidade. As peças permanecem preservadas por mais tempo.

Quimicamente, os metais preciosos são menos reactivos do que a maioria dos metais. Os elementos são mais leves, macios ou dúcteis, e têm um ponto de fusão mais elevado do que outros.

A prata fina ou prata pura (99,9%) é muito maleável, e como resultado, pode ser facilmente danificada. A prata 925 consiste de uma fusão de prata fina com uma pequena quantidade de cobre, a junção de 92,5% de prata fina e 7,5% de cobre.

Isto permite torná-la mais forte e mais durável, permitindo o manuseamento e fabrico da jóia.

Até 40% de desconto.

O melhor, para as melhores!

COMPRAR