Sobre as suas Jóias.

MANUTENÇÃO & CUIDADOS

Quando temos algo que adoramos queremos preservá-lo e mantê-lo sempre novo. Aqui encontrará todas as informações sobre os materiais usados pela Andrêa Martins Jewellery, bem como tudo o que precisa de saber para manter e cuidar as suas jóias.

Ler mais

Os Materiais

A autora Andrêa Martins confecciona as suas jóias em Prata de lei 925, com banho de Ródio, na prevenção da oxidação, não sofrendo assim, modificações na tonalidade do material, sempre que esteja em contacto com ácidos produzidos pela pele, qualquer produto químico ou humidade. As peças mantêm-se preservadas.

 

Quimicamente, os metais preciosos são menos reactivos do que a maioria dos elementos, são mais lustrosos, mais suaves ou dúcteis e têm um ponto de fusão mais alto do que os outros metais.

 

 A prata fina ou prata em estado puro (99,9%) é muito maleável, e como resultado, pode ser facilmente danificada. A prata 925 é constituída por uma fusão de prata fina com uma pequena quantidade de cobre - associação de 92,5% de prata fina e 7,5% de cobre. Assim é possível torná-la mais forte e durável, possibilitando o manuseamento e realização de uma jóia.

Como cuidar das suas Jóias

As jóias em prata podem escurecer com o decorrer do tempo, pelo simples contacto com o ar ou de maneira induzida pelos produtos químicos, tais como perfumes, cosméticos, produtos de limpeza à base de cloro e outros ácidos. Este processo é chamado de oxidação, não afectando a sua qualidade, podendo ocorrer até mesmo com peças que nunca foram usadas.

 

 

 

 

A prata em contacto com o ar provoca um fenómeno químico

denominado oxidação, podendo ocasionar uma mudança na coloração original da jóia. Esta alteração de cor não representa mudança na qualidade ou no teor das ligas.

 

É um processo natural e superficial, ocorrendo em maior ou menor intensidade em função de factores tão distintos como a proximidade do mar, o PH da pele, ou a forma de acondicionamento da jóia.

Oxidação?

Manter e Cuidar.

LIMPEZA

Saiba como manter as suas jóias sempre brilhantes e com aparência de novas por mais tempo.

Dúvidas sobre a manutenção das suas peças?

Fale connosco!

1.

2.

3.

4.

5.

6.

Antes de efectuar qualquer tipo de limpeza, analise bem a peça em questão, para assegurar que não esteja danificada, não tenha nenhuma pedra ou outro elemento solto ou em falta.

Uma adequada limpeza as suas jóias é feita com uma escova de cerdas macia, água corrente com sabão neutro. Pode utilizar detergente líquido para a loiça, pois remove a sujidade e não causa danos em pedras.

Tenha especial cuidado ao imergir peças de joalharia em água. Nunca utilize água quente, mas antes água tépida – as temperaturas elevadas podem interagir com o agente de limpeza utilizado, levando a uma rápida descoloração das mesmas. Por outro lado, o contacto com a água pode descolar elementos mais delicados ou danificar pedras preciosas e semipreciosas. Entre 30 segundos e um minuto é o tempo suficiente para deixar uma jóia submersa e lavá-la com recurso à escova de dentes, por exemplo. Depois de remover da água, deixe-a secar ao ar livre e finalize com um polimento, utilizando o pano macio.

Use um pano macio, 100% algodão, reservado exclusivamente para a limpeza da sua joalharia. Nas ourivesarias vendem-se panos específicos para o efeito. Tenha o cuidado de lavar o pano depois de cada utilização visto que a sujidade acumulada poderá danificar as jóias a serem limpas. Nunca utilize lenços de papel, papel higiénico ou rolo de cozinha para polir as mesmas: as fibras presentes neste tipo de produtos pode riscar. Para jóias com muitos pormenores ou difíceis de limpar, recorra a uma escova de dentes velha, mas macia.

Evite tomar banho com as jóias, pois o sabonete, cremes, gordura da pele e óleos de banho acumulam uma fina película sobre a superfície, tornando-as peças opacas: pulseiras e colares compostos por fio, com o tempo vão acumulando resíduos de sabão, podendo enfraquecer e partir.

Ao usar um agente de limpeza para jóias, leia sempre com atenção o rótulo, verificando se ele é apropriado a certas pedras preciosas, especialmente pérolas ou corais. Estes dois são propensos a danos causados por produtos químicos que provocam a perda do seu brilho natural.

Manter e Cuidar.

A boa utilização das peças contribui em muito para que estas preservem o seu aspecto original e tenham a durabilidade esperada.

1.

2.

4.

6.

8.

Sempre que use uma jóia, se possível, limpe-a com um pano macio, retirando o suor adquirido das mãos e guarde-a em locais adequados, devidamente acondicionada, separada das outras, evitando que choque com outras coisas duras e se risque. Se possível, tente envolve-la em tecido macio, embalagem, guarda-jóias ou então em saquinhos bem fechados, evitando a entrada de ar, luminosidade, conservando assim o seu brilho.

Pérolas, esmeraldas e gemas orgânicas precisam “respirar” e ressentem-se da humidade ou secura excessivas. Guarde suas jóias em locais arejados e não as envolva em sacos de plástico.

3.

Não é aconselhável o uso de jóias em praias e piscinas, podendo danificar a superfície destas, comprometendo o seu brilho. Poupe a exposição ao sol e o calor excessivo sobre elas.

O suor pode acelerar o processo de oxidação e por isso, é importante evitar o uso de jóias durante actividades físicas.

5.

Não utilize as jóias quando as mesmas forem expostas ao contacto com: produtos de limpeza doméstica, tintura e/ou alisamento para cabelo.

Creme para as mãos, desodorizante e perfume devem ser passados minutos antes das jóias, evitando assim reacções químicas.

7.

Pessoas que possuam elevado índice de ácido úrico, nervosas ou que tomem medicamentos, poderão escurecer peças de prata e folheadas.

Proteja as jóias de impactos, contra superfícies duras e abrasivas.

Subscreva a nossa Newsletter

Envie-nos o seu email para ficar a par de novidades e promoções!

 

 

 

Todos os direitos reservados.